Ícone de alerta

O seu navegador não é mais suportado.
É provável que a exibição do site seja comprometida.
Atualize para outro navegador moderno.

Clique para baixar o Google Chrome Clique para baixar o Firefox Clique para baixar o Safari Clique para baixar o Internet Explorer 9 Clique para baixar o Opera

Notícias

Sistema de navegação avisou Força Aérea sobre queda de aeronave

 

Testemunhas revelaram que chovia no momento do acidente que matou pecuarista em propriedade rural

 

Duas equipes da Força Aérea já estavam no local onde a aeronave que matou o pecuarista Danilo César Carromeu Domingues, de 46 anos, caiu na manhã de ontem (28), quando equipes da Polícia Civil chegaram. Segundo os militares, o equipamento de navegação do avião de pequeno porte havia dado indícios do acidente, indicando também a região da queda.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Brasilândia, a 355 quilômetros de Campo Grande, as equipes tiveram acesso ao local com ajuda de helicópteros. Já a equipe policial foi avisada pelo irmão de um morador de uma fazenda próxima, que fez o registro fotográfico pouco tempo depois da queda.

Ainda de acordo com o registro, chovia no momento em que o avião foi visto sobrevoando baixo pela região. Segundo testemunhas, o piloto teria dado ao menos três voltas, cada vez com menos altitude, antes da aeronave entrar em movimento parafuso e cair.

O avião ainda estava em chamas no momento em que os civis chegaram ao local, a cerca de 150 quilômetros da região urbana. Equipes do Corpo de Bombeiros também foram acionadas para atender a ocorrência, em que o corpo da vítima foi encontrado carbonizado. Apesar disso, a identificação do piloto não foi prejudicada.

Caso - O acidente aconteceu depois de a aeronave decolar do município de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, com destino a fazenda do piloto em Rio Verde, distante 207 quilômetros da Capital.

As primeiras informações indicavam que o piloto do avião havia comunicado a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) de problemas mecânicos minutos antes de cair em uma propriedade rural de Brasilândia.